Encontrão Nacional 2017

Luterana Palhoça participa do Encontrão Nacional 2017

Juntando-se às quase 3000 pessoas que lotaram o pavilhão do Parque de Exposições de Ituporanga, no feriado de Carnaval, a Paróquia Luterana de Palhoça esteve no Encontrão Nacional 2017, que aconteceu de 25 a 28 de fevereiro. Durante os quatro dias de evento, os presentes puderam ouvir mensagens de Deus trazidas por pastores convidados e experimentar a comunhão com irmãos de diferentes lugares do Brasil.

No ano em que se completa 500 anos da Reforma Protestante, a temática não poderia ser outra: “Reformando para ser discípulos, Igreja e cidadãos”. Durante as palestras, foi abordada a ideia de que a Igreja precisa estar em constante reforma e que, unida, necessita de que se mova para aquilo que é o desejo de Deus. Em sua contribuição no evento, Maurício Cunha – fundador do CADI, assessor da Aliança Evangélica Brasileira e Conselheiro Nacional de Assistência Social (CNAS) – sugeriu uma maneira de cumprir o chamado de ser cidadãos e, consequentemente, discípulos e Igreja: “Precisamos estar no mundo sem ser do mundo. Ser peregrino, estrangeiro. Essa é a verdadeira Igreja”, afirmou durante sua palestra.

Joel Schlemper, pastor na comunidade de Barreiros, conduziu o culto da noite de domingo, dia 26, abordando o tema da Igreja. A partir do capítulo 24 do evangelho de Lucas, falou sobre o caos teológico em que muitos estão submetidos hoje e a solução para ele: ser Igreja, “lugar onde os princípios divinos são anunciados”, define Schlemper. Mencionou, ainda, que, sendo discípulos, precisamos ouvir os outros como Jesus ouviu aqueles que se encontravam em caos de sentimentos. “Essa não seria a melhor forma de evangelizar alguém?”, indaga, retoricamente.

Organizada pelo Ministério Jovem do Movimento Encontrão, adolescentes e jovens tiveram uma programação montada especialmente para eles. No Espaço Jovem, um palco central rodeado por cadeiras marcava um ambiente divertido, semelhante a um auditório de programa televisivo. A palavra era direta e descontraída e, entre as pregações, bandas – do rock ao rap – se apresentavam para os presentes. Já o trabalho com as crianças contou com as graças do casal de palhaços Pipa e Aipim, da Comunidade do Redentor, de Curitiba. Com auxílio de colaboradores, eles usaram o lúdico para levar a mensagem de Jesus aos pequenos.

Durante os dias de Encontrão, participantes puderam usar o tempo da tarde para participarem de seminários escolhidos com base nas suas preferências, indo de assuntos relacionados à sexualidade, plantação e revitalização de Igrejas, arte e universidade. Atrações como a do Projeto BAC!, que utiliza o teatro para pregar a mensagem de Deus e a da banda O Muro de Pedra – grupo de rock que viaja o Brasil para compartilhar mensagens de esperança e de fé através da música – fizeram parte do encontro.

O Encontrão Nacional é realizado pelo Movimento Encontrão e acontece a cada cinco anos. Nesta edição, o local escolhido para sediar o evento foi Ituporanga, em Santa Catarina, e contou com pregadores como Jeremias Pereira, Martin Weingaertner, Rodomar Ramlow, Maurício Cunha, Sigolf Greuel, Joel Schlemper e Thiago Torres, no Espaço Jovem. Estava prevista a participação de Ricardo Agreste, mas que, por problemas de saúde na família, não pôde comparecer ao Parque de Exposições.

Com o fim do evento, a Luterana Palhoça se prepara para uma nova série temática, “A vida é trem bala”, que começa dia 12 de março, na comunidade do Centro de Palhoça, às 19h30.

Por: Sofia Mayer

Comentários

Comentários